Sites de Instituições

Instituições Nacionais

-Democracia e Mundo do Trabalho em Debate

“Democracia e Mundo do Trabalho em Debate é um site idealizado por profissionais e pesquisadores universitários, de instituições públicas e privadas, com atividades voltadas ao campo do trabalho. Associados de maneira voluntária e sem fins lucrativos, reconhecemos a centralidade do trabalho humano no universo da vida social”.

-Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE)

“O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) é uma entidade criada e mantida pelo movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955, com o objetivo de desenvolver pesquisas que subsidiassem as demandas dos trabalhadores”.

-Fórum dos Acidentes de Trabalho

FUNDACENTRO

“Criada oficialmente em 1966, a FUNDACENTRO teve os primeiros passos de sua história dados no início da década, quando a preocupação com os altos índices de acidentes e doenças do trabalho crescia no Governo e entre a sociedade. Já em 1960, o Governo brasileiro iniciou gestões com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), com a finalidade de promover estudos e avaliações do problema e apontar soluções que pudessem alterar esse quadro”.

-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

“O IBGE tem atribuições ligadas às geociências e estatísticas sociais, demográficas e econômicas, o que inclui realizar censos e organizar as informações obtidas nesses censos, para suprir órgãos das esferas governamentais federal, estadual e municipal, e para outras instituições e o público em geral”.

-Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA)

“O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) é uma fundação pública federal vinculada ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Suas atividades de pesquisa fornecem suporte técnico e institucional às ações governamentais para a formulação e reformulação de políticas públicas e programas de desenvolvimento brasileiros”.

-Ministério do Trabalho

“A competência do Ministério do Trabalho abrangia os seguintes assuntos: política e diretrizes para a geração de emprego e renda e de apoio ao trabalhador; política e diretrizes para a modernização das relações do trabalho; fiscalização em segurança e saúde no trabalho; fiscalização do trabalho, inclusive do trabalho portuário, bem como aplicação das sanções previstas em normas legais ou coletivas; política salarial; formação e desenvolvimento profissional; política de imigração; e cooperativismo e associativismo urbanos”.

-Ministério Público do Trabalho

“O Ministério Público do Trabalho (MPT) é o ramo do MPU que tem como atribuição fiscalizar o cumprimento da legislação trabalhista quando houver interesse público, procurando regularizar e mediar as relações entre empregados e empregadores. Cabe ao MPT promover a ação civil pública no âmbito da Justiça do Trabalho para defesa de interesses coletivos, quando desrespeitados direitos sociais constitucionalmente garantidos aos trabalhadores. Também pode manifestar-se em qualquer fase do processo trabalhista, quando entender existente interesse público que justifique. O MPT pode ser árbitro ou mediador em dissídios coletivos e pode fiscalizar o direito de greve nas atividades essenciais”.

-Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho (Ministério Público do Trabalho).

“Diante da grande disponibilidade de dados de relevância pública no Brasil e da oportunidade de utilizar novas tecnologias “”big data”” de cruzamento de dados que desenvolveu, o MPT, em 2015, iniciou a construção de uma inédita central de dados (sobretudo abertos) oriundos de diversas fontes com o objetivo não só de aprimorar os serviços que presta à sociedade, mas também de contribuir com a agenda do Trabalho Decente no Brasil”.

-Plataforma Renast

“A RENAST constitui a principal estratégia par a implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador no Sistema único de Saúde (SUS). Ela articula diversas instituições e atores sociais que compõem o campo da Saúde do Trabalhador e a atuação da rede de serviços dos SUS”.

-Repórter Brasil

“A Repórter Brasil foi fundada em 2001 por jornalistas, cientistas sociais e educadores com o objetivo de fomentar a reflexão e ação sobre a violação aos direitos fundamentais dos povos e trabalhadores no Brasil”.

-Tribunal Superior do Trabalho (TST)

“O Tribunal Superior do Trabalho (TST) é a instância mais elevada de julgamento para temas envolvendo o direito do trabalho no Brasil. Consistindo na instância máxima da Justiça Federal especializada do Trabalho brasileiro que por sua vez organiza-se em Tribunais Regionais do Trabalho (TRT) e que por sua vez coordenam as Varas do Trabalho”.


Instituições Internacionais

-Arbetarrörelsens arkiv och bibliotek (ABARK)

“O Conselho de Pesquisa no Arquivo e Biblioteca dos Trabalhadores é um órgão consultivo científico e não um doador. As tarefas incluem a promoção de pesquisas sobre a história do movimento trabalhista, divulgação de resultados de pesquisa e promoção de um diálogo entre pesquisadores e representantes organizacionais.”

-Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)

“O Banco Interamericano de Desenvolvimento ou BID (em inglês Inter-American Development Bank, IDB) é uma organização financeira internacional com sede na cidade de Washington, Estados Unidos, e criada no ano de 1959 com o propósito de financiar projetos viáveis de desenvolvimento econômico, social e institucional e promover a integração comercial regional na área da América Latina e o Caribe”.

-Banco Mundial

“O Banco Mundial é uma instituição financeira internacional que efetua empréstimos a países em desenvolvimento. É o maior e mais conhecido banco de desenvolvimento no mundo, além de possuir o status de observador no Grupo de Desenvolvimento das Nações Unidas[1] e em outros fóruns internacionais, como o G-20 financeiro”.

-Centro de Estudios e Investigaciones Laborales CONICET

“O Centro de Estudos e Investigações Laborais (CEIL) criado em 15 de maio de 1971 no Instituto de Investigações Administrativas da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Nacional de La Plata […] Com uma história comum, com base nos conhecimentos e experiências acumulados ao longo de quatro décadas, e com um espírito pluralista, novos projetos cooperativos estão sendo desenvolvidos, reforçando a multidisciplinaridade, atendendo à demanda social (especialmente dos setores mais desfavorecidos da população), buscando utilizar os recursos econômicos existentes de maneira eficiente e enfatizar a formação de jovens pesquisadores. “

-European Trade Union Institute

“O European Trade Union Institute é o centro independente de pesquisa e treinamento da Confederação Europeia de Sindicatos (CES), que por sua vez afilia os sindicatos europeus em uma única organização de cúpula européia”.

-Federação de Pesquisa Trabalho, Emprego e Políticas Públicas – TEPP [FR]

“A Federação de Pesquisa CNRS No. 3435 Emprego e Políticas Públicas é a maior federação multidisciplinar de pesquisa sobre trabalho e emprego e uma das principais operadoras de avaliação de políticas públicas na França. Reúne 190 pesquisadores e professores-pesquisadores, 140 doutorandos, principalmente economistas, sociólogos, gerentes distribuídos em 9 laboratórios de 9 universidades da região parisiense e das províncias. Cerca de 40 pesquisadores de fora dos laboratórios federados também estão associados à federação”.

-Fundo Monetário Internacional (FMI)

“Fundo Monetário Internacional (FMI) é uma organização internacional criada em 1944 na Conferência de Bretton Woods (formalmente criada em 27 de dezembro de 1945 por 29 países-membros e homologado pela ONU em abril de 1964) com o objetivo, inicial, de ajudar na reconstrução do sistema monetário internacional no período pós-Segunda Guerra Mundial”.

Global Initiative to Fight Human Trafficking (GFIT)

“A Iniciativa Global das Nações Unidas para Combater o Tráfico Humano (UN.GIFT) foi concebida para promover a luta global contra o tráfico de seres humanos, com base em acordos internacionais firmados na ONU”.

-Global Labour University (GLU)

“A Global Labor University (GLU) é uma rede formada por sindicatos, universidades, a Friedrich-Ebert-Stiftung e a OIT (Organização Internacional do Trabalho) para oferecer programas de qualificação de alto nível. Oferece cursos de mestrado em cinco países diferentes sobre sindicatos, desenvolvimento sustentável, justiça social, padrões internacionais de trabalho, empresas multinacionais, políticas econômicas e instituições globais e promove a cooperação em pesquisa sobre questões trabalhistas globais. “

-Instituto de Ciências Sociais do Trabalho (Universidade Paris 1 – FR)

“O Instituto de Ciências Sociais do Trabalho foi criado em 1951 sob a dupla égide da Universidade de Paris e do Ministério do Trabalho, essencialmente para formar os ‘assessores do trabalho’. Hoje, o Instituto representa o lugar privilegiado onde se estabelecem as ligações entre organizações sindicais e o mundo do ensino superior e da pesquisa. Como os outros nove institutos de trabalho na França, sua missão é treinar ativistas sindicais que, por suas responsabilidades, precisam completar sua experiência por meio de educação universitária”.

-Organização das Nações Unidas (ONU)

“A Organização das Nações Unidas, também conhecida pela sigla ONU, é uma organização internacional formada por países que se reuniram voluntariamente para trabalhar pela paz e o desenvolvimento mundiais”.

-Organização Internacional do Trabalho (OIT)

“Fundada em 1919 para promover a justiça social, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) é a única agência das Nações Unidas que tem estrutura tripartite, na qual representantes de governos, de organizações de empregadores e de trabalhadores de 187 Estados-membros  participam em situação de igualdade das diversas instâncias da Organização”.

Translate »