Grupo da Faculdade de Direito da USP estudará remuneração de youtubers em 2020

Imagem: Pixabay

Núcleo de Pesquisa e Extensão “O trabalho além do Direito do Trabalho” pretende entender como funciona s jornada de trabalho e os direitos legais destes profissionais

A partir de 2020, um dos grupos de pesquisa e extensão da Faculdade de Direito (FD) da USP, denominado O Trabalho Além do Direito do Trabalho (TADT), irá iniciar um estudo sobre o ofício dos youtubers. Segundo uma das líderes desta pesquisa, Gabriela Marcassa, é pretendido entender como se dá a remuneração desta nova profissão e como é a sua jornada de trabalho, para pensar como seus profissionais podem ser protegidos, levando em consideração a legislação existente no país e as normas internacionais.

Gabriela conta que o grupo estará em contato com ambos os lados da plataforma. Por meio de entrevistas com youtubers, deseja entender como funciona a rotina de trabalho e também as questões publicitárias envolvidas. Aliado a isso, abordará o tema na visão de um assessor jurídico do Youtube, pensando em enxergar o lado da plataforma diante dessa modalidade de trabalho. Por fim, quer explorar a sindicalização deste serviço que vem surgindo mundo afora, estudando o que pode ser implementado no Brasil.

Confira a notícia completa aqui

Fonte: USP
Data original de publicação: 02/12/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »